Logo



Polaroids


















Menu

Room tour: a nova decoração do meu quarto em 14 fotos

Prometi que todo começo de semana postaria aqui no site um texto autoral sobre algum assunto que eu estivesse com vontade de falar. Ou melhor, de escrever. Olha, ainda bem que não prometi nada muito importante, né? Como açaí, pão de queijo, pizza... Hahaha! Brincadeirinha, gente. A verdade é que, às vezes, eu realmente me atrapalho toda no trabalho e acabo publicando o post de segunda na terça, mas continuo fazendo com todo amor e dedicação. Juro, juradinho! <3

No último sábado, 27, a reforma que estava rolando no meu quarto finalmente terminou. Tá bem, vai. Não foi uma refooorma. A gente apenas pintou as paredes de branco e arrumou algumas infiltrações bem feias (alô, vizinho, vamos controlar essa umidade aí!). Um oh, eu sei, mas a parte boa foi que eu aproveitei para dar um up na decoração do meu quarto. Basicamente, não comprei nada novo. Só alguns adesivos 3D, que custaram R$ 8 na loja de variedades Le Buscuit. Fora isso, só mudei algumas coisas de lugar e, finalmente (estou ouvindo um coral de anjos dizer aleluia?), enquadrei a cartinha que recebi do Daniel Radcliffe em 2007 (uma longa e divertida história que prometo contar aqui em breve).

Daí pensei: o que escancara mais a personalidade e os gostos de uma pessoa do que a decoração de seu quarto? Por isso, o texto autoral de hoje não é bem um texto, mas demonstra bem quem eu sou e o que penso da vida. Preparados para me conhecer ainda mais? :D
Vou começar pelo móvel que está mais pertinho da porta. Tenho essa cômoda desde que nasci. É verdade! Quando meus pais montaram meu quarto de bebê, pensaram em móveis que pudessem ser reutilizados quando eu crescesse. Teve uma época da vida em que eu odiei essa decisão, pois achava que eles deixavam meu quarto ~aborrecente~ muito infantil. Mas hoje eu acho a ideia que meus pais tiveram totalmente sustentável! A palavra "MAR", na verdade, faz parte de um conjunto de letras decorativas que formam a palavra "AMOR". Mas como amar tá complicado, resolvi aposentar a letra "O" e apostar no mar, essa paixão pra vida toda. O porta-retrato do filme Será Que? foi um DIY, assim como o porta-retrato duplo com pérolas. Resgatei do lixo esse DVD com cenas extras do filme lá no trabalho e fiz esse quadrinho. Ah! As garrafas vazias são apenas garrafas vazias. É que eu sou meio a doida dos rótulos...

Tchrããããn! Meu violão que fica bem ao lado da cômoda está "encaixado" em um suporte dos Jonas Brothers (sim, a sua banda favorita da adolescência sempre será a sua banda favorita da vida), que nada mais é do que uma caixa de divulgação de papelão que ganhei das Lojas Americanas, depois de muito insistir com o gerente. Hahahaha! Bons tempos...

A máquina de escrever é herança do meu pai e ela ainda funciona, o que é mais incrível! Eu adoro coisas antigas, não só pela onda vintage, mas por toda a história que essas peças carregam. Acho que é exatamente por isso que adoro visitar museus e que tenho também um rádio relógio, que também era do meu pai (e que antes era do meu avó), ao lado da cama. O quê? Vocês não sabem o que é um rádio relógio? É isso aqui, oh:

Viu? É claro que, na época do meu avó, ele não tinha adesivos nem estava sobre uma mesinha de cabeceira com fotos dos Jonas. Ai, a adolescência... Como vocês podem ver, a minha foi muito bem vivida. Hahaha! Até poderia tirar a colagem com recortes de revistas e deixar a mesinha crua novamente, mas ela foi tão importante para mim um dia... Gosto de pensar que vou encontrar no meu quarto tudo o que um dia já me fez extremamente feliz, otimista, sonhadora! Ao lado do rádio relógio, ficam meus cards dos Vingadores e atrás dele, fica meu porta-lápis, que, na verdade, é um copo de cerveja de guardei como lembrança do show do Ed Sheeran em São Paulo. 

Ao lado da minha mesinha de cabeceira, fica a minha estante, que, pasmem, era o meu berço! Ela tem todas as coisas que mais me representam, como meus livros favoritos, minha coleção de Pop! Funko de Supernatural, algumas revistas, meus mini dinossauros e parte da minha coleção de Harry Potter (a outra parte está guardada, pois dá muito trabalho para limpar). Aquilo atrás da estante é um pôster do filme A Mulher de Preto (sou louca, eu sei) e, ao lado, o único urso de pelúcia que tenho no quarto e não tenho coragem de dar, pois ele era da minha mãe. <3

A parte de cima da estante é completamente dedicada à saga Harry Potter.

E essa é a minha versão DIY do Salgueiro Lutador. Hahaha! Criatividade > Dinheiro, acreditem!

Embaixo, ficam alguns dos meus livros sortidos favoritos e alguns bonecos que têm a minha cara, tipo a princesa Leia, de Star Wars, a Anna, de Frozen, o Seu Madruga (#ídolo), o ken do Harry Styles e o boneco do Supla. Pois é, gente, na próxima vez, realmente levem a sério quando eu disser que sou eclética e que gosto de pessoas, não de estilos.

YEAH! Meus funkos de SPN! Agora estou à espera de um milagre, quer dizer, à espera dos funkos de Harry Potter. ~risos nervosos de pobreza~

Além de eu ser a doida das garrafas e dos rótulos, sou a doida das plaquinhas. Adoro essas placas decorativas vendidas na UZ Games (prefira comprar nas lojas físicas, que são mais baratas). Deu para notar que as do GTA são as minhas favoritas? Dica: prenda as plaquinhas com fita crepe, porque a fita dupla face que vem no produto arranca a casquinha da parede. 

Essa é a parede principal do quarto. Decidi colocar nela a minha flâmula da Grifindória e as duas partes da minha cartinha do Daniel Radcliffe. Mandei enquadrar na loja Moldura Minuto e o investimento saiu em torno de R$ 120. Um pouco salgadinho, confesso, mas valeu a pena, pois o papel já estava sendo devorado por traças. Há coisas que o dinheiro não compra... 

Esse é o meu varal de vinis, uma das coisas realmente novas na decoração. Eu adorei o resultado! E montar foi fácil e divertido. Só precisei de dois pregos, barbante, pregadores feitos de madeira e, é claro, discos de vinil. Para finalizar a decoração, usei as borboletas adesivas e alguns retratos dos Beatles que já tinha em casa. 

Na entrada, meu filtro dos sonhos. Não vivo sem!

Taí: eis a nova velha decoração do meu cantinho geek, fãzoca e maluco. Ah! Vocês estão vendo a luminária que fica ao lado da cama? Ela é uma das minhas coisas favoritas em todo o quarto, pois é uma invenção minha e do meu pai. Mais dele do que minha, confesso. Ela foi feita com um galho de árvore que achamos jogado em uma praça perto de casa. Lixamos, envernizamos e colamos alguns objetos decorativos nele, como bruxinhas, duendes, gnomos... Amo!

Espero que vocês tenham curtido! Qualquer dúvida, sugestão, drama, alegria... Estou por aqui, viu? :)


4 comentários:

  1. Amei a decoração do seu quarto!! E adorei seu Site!!
    www.thesabrinadiares.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. "A sua banda favorita da adolescência sempre será a sua banda favorita da vida". Boa! Concordo. No meu caso foi Journey (antes dos Beatles até). Um homem deve sempre ser fiel 1) à mulher que ama, 2) ao seu time de futebol e 3) à sua banda de rock da adolescência. É meu lema de vida. Beijo! Ita

    ResponderExcluir
  3. Isa me abraça <3

    Seu quarto tem tudo a ver comigo. Harry Potter, Daniel ♥ ♥

    ResponderExcluir
  4. OMG que fofo e aconchegante. E quanta coisa de Harry Potter <3
    Valeu a pena esperar

    ResponderExcluir