Logo



Polaroids


















Menu

Cássia Eller - O Musical

Mamis sendo minha modelo oficial em frente ao cartaz do musical. Linda: sim ou com certeza? <3
No último domingo, dia 21, fui com a minha mãe assistir ao espetáculo Cássia Eller - O Musical. Ela é uma grande fã da cantora e estava pedindo para que eu a levasse desde a última vez que o elenco passou por São Paulo, no Centro Cultural Banco do Brasil. Como agora o musical está sendo apresentado no Teatro das Artes, um espaço um pouquinho maior, e em mais dias da semana (sextas, sábados e domingos), consegui comprar ingressos pra gente.

Quer dizer, mais para a minha mãe do que para mim. Eu adorava tudo na Cássia, veja bem. O jeitão, a voz, a atitude em cima do palco... Mas a minha mãe estava completamente ansiosa e animada para conferir o musical e, principalmente, a performance da Tacy de Campos, que interpreta a cantora. (Olha só ela fazendo a fã em frente a um cartaz em pleno Shopping Eldorado! Hahaha)

O trabalho é incrível! Ele tem aquele "Q" caseiro e intimista que a Cássia tanto gostava. Não há cenário, apenas cadeiras, instrumentos e alguns poucos objetos, como um telefone aqui e um cigarro fake de maconha acolá. Os atores preenchem o espaço "vazio" o tempo todo, narrando a história musical e amorosa da cantora através de canções que fizeram parte de sua carreira, desde Beatles, até Cazuza, passando por hits como Por Enquanto e Malandragem.

Aliás, é exatamente na hora em que Tacy canta "a música da garotinha" que desce na plateia para interagir com o público. "Poxa, ela nem me deu o microfone para eu cantar", reclamou a minha mãe ao sair do teatro. Hahaha! E olha que ela merecia mesmo, pois Malandragem é a sua música de karaokê preferida e toda vez que eu olhava de esguelha para a minha mãe, ela estava cantando. Acho que as únicas duas músicas que ela não cantou foram Relicário e All Star, composições de Nando Reis e que, curiosamente, foram as que eu mais me empolguei e me emocionei.
Os atores Tacy de Campos (Cássia Eller) e Emerson Espíndola (Nando Reis). Uma das minhas partes favoritas da peça, quando eles cantam "seu All Star azul combina com o meu preto de cano alto".
Adoramos a atuação da Tacy! Não somos críticas especializadas em desempenho de atores, mas ela foi durante as quase duas horas e meia de espetáculo uma verdadeira Cássia Eller. E a semelhança vai além da voz! Quer um conselho? Não leve essas críticas de jornalistas que só sabem reclamar da vida na internet tão a sério. Ah! E também preste bastante atenção na atriz Evelyn Castro, que interpreta Nanci Eller e Ana. Ela é demais! Ei, Eve, gostaria de ser sua amiga um dia.

Sabe, eu até pedi para a minha mãe escrever este texto, mas ela duvidou de sua capacidade. Bobagem! Mas ela me pediu para que eu encerrasse o post de hoje com o veredito dela sobre o musical de uma de suas cantoras favoritas: "as apresentações em São Paulo vão até agosto. A gente pode voltar, Isa?". Se isso não significa uma crítica 5 estrelas, eu não sei mais nada... Cássia vive!

Fique esperto!
Caso tenha ficado com vontade de assistir à peça, aqui vão três dicas importantes:
1. não deixe para comprar os ingressos na última hora, pois os melhores lugares se esgotam rapidamente. Compre com bastante antecedência!
2. minha mãe e eu gostamos sempre de ficar na pista premium (risos), mas o Teatro das Artes é bem pequeno. Por isso, é até melhor ficar mais para trás, no meio da plateia. As cadeiras de número 02, 04 e 06 são as melhores!
3. confira os vídeos no canal oficial do musical no YouTube antes de assistir ao espetáculo na íntegra. Para quem curte teatro, é um prato cheio!


Um comentário:

  1. Oi Isa! Adorei o seu post sobre o musical! Felizmente também tive a oportunidade de assistir enquanto ele estava em cartaz aqui no CCBB do RJ (depois de muita luta durante a compra dos ingressos haha). O espetáculo é realmente incrível e emocionante, e o trabalho dos atores também! Quando eles cantaram All Star parecia que era a Cássia e o Nando Reis de verdade *-* E quando ela começou a cantar Malandragem? Deu até medo com tanta semelhança! haha Confesso que não cheguei a ler nenhuma crítica sobre o musical, mas me surpreendi quando você disse que alguns jornalistas criticaram (negativamente). COMO ASSIM GENTEM??? Achei tudo incrível, e pra quem é fã mesmo do trabalho da Cássia tudo ficou ainda mais especial!

    Parabéns pelo post e pelo blog! ^_^
    Beijos!

    www.ficcionalmentereal.com

    ResponderExcluir