Logo



Polaroids


















Menu

Margarida


Quando estou sentindo muita saudade ou passando por uma fase difícil, eu converso com a minha avó. Ela sempre foi de ouvir muito e falar pouco. Mas só a sensação de tê-la por perto já bastava. E basta, porque eu sei que ela continua comigo, mesmo que não esteja mais entre nós.

Sonho com a minha avó materna com muita frequência. Nesses sonhos, porém, ela sempre, sempre está prestes a morrer. Eu faço de tudo para tentar salvá-la, mas não consigo. Sinto a vida dela escapar das minhas mãos como aconteceu em vida. É angustiante.

Dia desses, estava muito nervosa. Aterrorizada, na verdade. Conversei com a minha avó e pedi para ela me ajudar, pois sabia que ela continuava me ouvindo e sendo, mais do que nunca, meu anjo da guarda. Nessa noite, dormi e sonhei a mesma coisa de sempre.

No dia seguinte, acordei e resolvi pesquisar na internet o significado do sonho. Alguns sites diziam que eu teria sorte. Outros, que eu ganharia uma aposta. A maioria me aconselhou a jogar no cavalo no Jogo do Bixo. Mas um deles me disse que sonhar com a morte de alguém que já havia falecido significava que aquela pessoa continuava perto de você, te guardando.

Por mais que eu tenha obtido outras possíveis explicações, eu sabia que essa última era a mais correta. Na noite anterior, eu havia pedido a ajuda da minha avó. No dia seguinte, havia me deparado com um texto dizendo que ela estava me guardando. Não sou uma pessoa sensitiva nem nunca tive uma prova concreta de que isso seja realmente possível, mas eu gosto de acreditar que é. Eu sei que é.

Toda vez que a minha avó ligava para casa e eu atendia, ela me perguntava: "como vai a minha joia rara, o meu ouro do mundo?". Era de lei. Já faz três anos que não escuto mais essa frase. E eu sei que nunca vou escutar novamente. Isso, na real, é o que mais machuca. Mas, por enquanto, eu ainda posso dizer que ela é a minha joia mais rara deste mundo. E você também pode. Por isso, nunca deixe para amanhã o abraço que você pode dar na sua avó, ou no seu avô, hoje. Por motivo nenhum! Porque, depois, esse motivo pode fazer toda a diferença.

.
.
.

Algumas pessoas não morrem. Voltam a ser flor.

E a minha avó sempre foi.

Foi Margarida.


11 comentários:

  1. Foi o texto mais sincero e lindo que eu li nos últimos meses! Com certeza ela está te guardando, e se orgulha da neta que tem! Sinta-se abraçada, porque não posso deixar para amanhã de jeito nenhum. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o seu comentário foi o mais lindo que eu li nos últimos meses. Obrigada <3

      Excluir
  2. isa te vejo na tv capricho,porque nunca falou do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gi! Ah, o blog é recente e eu tenho muito medo de, sei lá, misturar as coisas, sabe? Hehe! Mas é muito bom ter você por aqui <3

      Excluir
  3. Oi Isa, tudo bem? Não sei se você vai se lembrar de mim rs, mas enfim, estava pesquisando na internet e achei seu blog. Lendo seu post, me lembrei de uma perda recentemente, o falecimento da minha mãe, me lembro que ela sempre dizia que queria morrer depois de ver eu realizando todos os meus sonhos, infelizmente isso não veio acontecer. Assim como você, eu também não sou muito sensitivo, mais sei que de alguma forma minha mãe me acompanha. Umas das coisas que me conforta e saber que um dia irei abraçá-la novamente . Parabéns pelo blog, abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paulo! Estou bem e você? Na verdade, estou melhor agora, depois de ler o seu comentário. Ai, parece até cantada barata, né? JURO que não é. Hahaha! Realmente fico feliz por poder ser um ombro amigo seu nessa hora, mesmo que virtualmente. Tenho certeza que a sua mãe está muito orgulhosa de você, aonde quer que ela esteja. Pode acreditar! Acho que ela e a minha avó estão juntinhas nesse momento, só vendo a gente conversar... Hehe! Beijos <3

      Excluir
    2. Hehe,obrigado pelas palavras. Acho que você não se lembrou de mim, estava no ônibus da Alcatel One Touch com você e outras pessoas, fomos "juntos" para o show do One Direction no ano passado.

      Excluir
  4. Acredito que ela esteja te guardando e tentando de confortar nos momentos difíceis. Lindo texto Isa, me emocionei <3

    ResponderExcluir
  5. Isa, que coisa linda! Fiquei um tempão afastada da internet e é uma delícia ver que você criou um blog tão maravilhoso. Tô longe de casa há quase um ano e esse texto só me fez querer ligar JÁ pra minha avó e dizer o quanto a amo e o quanto gostaria de carregá-la comigo pra todo canto do mundo. Com certeza a sua te ouve e está contigo o tempo todo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. May, sua sumida! Reparei o seu afastamento mesmo... Hehe! Faça isso. Ligue para a sua avó AGORA. Combinado? Hahaha! Bom te ter por aqui <3

      Excluir